Você sabia que pode ter uma prótese personalizada para a sua anatomia óssea? Descubra como funciona

Levar em consideração a anatomia óssea é essencial para o sucesso da adaptação de uma prótese dentária fixa.
dentista com paciente

Levar em consideração a anatomia óssea é essencial para o sucesso da adaptação de uma prótese dentária fixa. Mas por que escolher a prótese fixa? A perda óssea dos dentes prejudica a mastigação e, assim, a digestão de alimentos. Além de dificultar a fala e atingir a autoestima, pois modifica a estrutura da boca e afeta o sorriso.

Além disso, fraturas ósseas podem exigir a retirada de dentes e, com a ausência deles, pode ocorrer a perda do osso alveolar – aquele que circunda os dentes. Com isso, haverá a alteração do formato da boca e de sua aparência, caso uma prótese não seja colocada na boca do paciente o quanto antes.

Caso o osso alveolar seja removido por completo junto com o dente, a remoção dos fragmentos ósseos e o reposicionamento do tecido mole para não expor o tecido ósseo se fazem necessários. Então, a colocação de uma prótese dentária deve ser feita. 

Como são curadas as fraturas ósseas anatomia: as próteses dentárias são fundamentais para recuperar a saúde da boca em caso de perda óssea. | Foto: Pixabay.
Como são curadas as fraturas ósseas anatomia: as próteses dentárias são fundamentais para recuperar a saúde da boca em caso de perda óssea. | Foto: Pixabay.

A prótese dentária fixa é a melhor solução para evitar a perda óssea com a ausência dos dentes, pois ela preserva o osso por um período de tempo maior. Um fator que favorece ainda mais esse tipo de prótese é a consideração da anatomia óssea, proporcionando melhor adaptação.

O que é a anatomia óssea?  

A anatomia óssea bucal compreende a estrutura que forma e sustenta os dentes. 

A coroa é a parte visível do dente e seu formato está relacionado à funcionalidade dele, podendo ser mais pontuda e afiada para os dentes que desempenham o corte dos alimentos ou mais planos para aqueles que os trituram.

O esmalte serve para proteger o dente, sendo a camada mais externa e dura da anatomia óssea dental. Com sua danificação, a perda óssea pode ser mais rápida e expressiva.

No caso da anatomia óssea da face, os ossos responsáveis pela sustentação da prótese dentária fixa são o osso palatino – situado atrás da cavidade nasal, entre a parte superior da boca (a maxila) e o osso esfenoide – e os maxilares direito e esquerdo.

Por que ter uma prótese que leva em consideração a anatomia óssea é bom?  

Estudar a anatomia óssea é essencial para a adaptação bem-sucedida do uso da prótese dentária fixa. As próteses dentárias fixas devem ser feitas considerando a anatomia óssea do paciente, para aumentar as chances da adaptação rápida e plena. 

Entender as mudanças da anatomia óssea após a perda de tecido ósseo e considerar como a boca e os dentes do paciente eram antes desses danos são passos fundamentais para a construção de uma prótese natural e harmoniosa, além de melhorar seu encaixe e trazer melhores resultados – com a reabilitação da mastigação plena e do sorriso.

Desse modo, uma prótese personalizada – própria para cada paciente, com suas respectivas particularidades – ajuda na diminuição das dificuldades de adaptação. Alguns fatores que podem contribuir com a instabilidade da prótese total mandibular são o atrofiamento da mandíbula e a falta de adaptação na superfície onde a prótese está assentada.

Qual é o tipo de prótese que leva em consideração a sua anatomia óssea?  

A prótese dentária fixa personalizada é aquela que considera as particularidades de cada paciente, que sofreram diferentes perdas ósseas por motivos distintos. 

Cada situação é uma, o processo de desgaste pode estar mais avançado ou menos, o formato da boca de pessoa para pessoa é diferente e o sorriso também, por exemplo. Além de a adaptação de cada um levar em conta fatores diversos.

Planejamento estético em prótese dentária  

O planejamento estético reconstrói o sorriso e leva harmonia para a face do paciente. É preciso considerar muitos fatores ligados à anatomia óssea e bucal do paciente para alcançar a prótese fixa perfeita, alguns deles são:

Escolha dos dentes  

Os dentes artificiais devem ser semelhantes aos naturais. Suas funções também devem ser consideradas e a distribuição deve ser feita de modo a facilitar a mastigação de acordo com a anatomia óssea do paciente, permitindo a trituração e o corte, por exemplo.

Outros fatores que devem ser avaliados são a cor, o tamanho, a posição e a forma de cada um dos dentes. Em relação ao material, o melhor para o dente da prótese dentária fixa é a porcelana.

Linha média  

A linha média é aquela que divide a boca em duas partes simétricas, uma linha central que parte do meio dos incisivos centrais superiores. Ela deve ser considerada na formação da prótese fixa para que a harmonia do sorriso e o formato da boca sejam naturais.

Contorno e morfologia da gengiva  

A gengiva deve contornar os dentes no formato de arco côncavo regular, mantendo seu aspecto ondulado e a simetria dos dois lados da linha média.

Zênites da gengiva  

Os zênites gengivais se encontram no ápice do contorno da gengiva em cada dente. Eles devem ser simétricos para manter a naturalidade da prótese dentária.

Posição do incisivo central

Na estética do sorriso, a exposição dos incisivos centrais é fundamental. Eles devem aparecer, mas não a ponto de se tornar um sorriso gengival. Logo, a exposição desses dentes também deve ser considerada.

Como funciona a prótese da smile fix?  

A Smile Fix trabalha com próteses fixas moldadas para o paciente. O tratamento possibilita a reabilitação de todos que desejam ter prótese fixa, independentemente do tipo ósseo. Na falta de alguns dentes ou ausência de todos os dentes na parte inferior e/ou superior, a Smile Fix tem a solução com sua prótese personalizada. 

Sua prótese dentária fixa busca devolver a funcionalidade dos dentes por completo àqueles que sofreram perdas ósseas e precisam da prótese para ter boa qualidade mastigatória e, assim, melhorar sua digestão de alimentos. A fabricação da prótese dentária Smile Fix é feita com base na anatomia óssea do paciente, levando ao tempo cirúrgico reduzido e ao ajuste perfeito – o que favorece o sucesso da adaptação.

A rapidez dos resultados, com base na anatomia óssea, também é uma vantagem Smile Fix. Eles aparecem mais rápido, devolvendo-se a função da mastigação em tempo menor do que tratamentos convencionais, sem causar problemas de sentir o sabor – o que é reportado em outros tipos de prótese. Além disso, o processo é menos invasivo do que o da dentadura comum, uma vez que a retirada dos ossos de outras áreas não afetadas é desnecessária, trazendo, assim, mais segurança, eficácia e agilidade. 

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Leia Mais

Nosso produto é feito para você.  Todo o processo de descoberta de um novo sorriso vai ser acompanhado de perto pelo nosso time.

© 2022 SMILEFIX - Todos os direitos reservados

siga o smilefix

Cadastre-se agora!

E receba mais informações